ÚLTIMAS NOTÍCIAS

15 Maio 2015
26 Março 2015
25 Março 2015
24 Março 2015
24 Março 2015

Doar órgãos é um gesto de amor - 2015

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O transplante é uma das mais marcantes histórias de sucesso da medicina. Entretanto apesar dos contínuos avanços da ciência e da tecnologia, a necessidade de órgãos e tecidos é imensamente maior que o número disponível para transplante. O transplante é capaz de prover esperança para milhares de pessoas com falência orgânica, restituindo uma vida plena e renovada.

Apesar das campanhas educativas realizadas pelo governo e terceiro setor, concepções erradas e equívocos ainda persistem na sociedade a respeito da doação e alocação de órgãos para transplante. 

Doar órgãos é um gesto de amor.

A maior parte da origem dos órgãos utilizados para transplante é proveniente do doador cadáver, aquele paciente que em virtude de alguma condição médica apresenta o diagnóstico de morte encefálica.

Este paciente, quando assim diagnosticado em ambiente de Unidade de Terapia Intensiva, é declarado morto, mesmo se ainda apresentar batimentos cardíacos e outras funções orgânicas preservadas.

Após esse diagnóstico é que o paciente passa a ser considerado como potencial doador de órgãos para transplante. Segundo a nossa legislação, a doação de órgãos para transplante somente é realizada com expressa autorização familiar.

Nesse momento, de extrema dor, pesar e luto familiar, é que a autorização para a doação de órgãos é requisitada.

 

46% das famílias se recusam a autorizar a doação de órgãos.

 

Essa alta taxa de negativa familiar não ocorre por falta de compaixão da família. Inúmeros fatores como desconhecimento do processo de doação, dúvidas quanto a transparência da distribuição de órgãos, a existência de diversos mitos a respeito do tema e principalmente o desconhecimento do desejo de doar de seu familiar.

 

Doravante o lema adotado para a campanha desse ano é: Não basta querer. Tem que avisar! O intuito é estimular a discussão do tema no seio familiar, disseminando a necessidade de expressão desse desejo, em conjunto com ações educativas para reforçara positividade do ato.

Além das diversas outras ações delineadas para a campanha, o simpósio sobre o tema ocorrerá no anfiteatro do Hospital do Rocio, nos dias 28 e 29 de setembro, apresentando a seguinte programação:

16h - Doar órgãos é um gesto de amor. Panorama sobre a necessidade, a importância e mitos que cercam o tema.

16h30 - Morte encefálica. Esclarecimentos e compreensão do tema.

17h00 - Sistema Nacional de Transplantes. Esclarecimentos da lisura e transparência do funcionamento do sistema de distribuição de órgãos para transplante.

17h30 - Comissão intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplante (CIHDOTT). Informações do funcionamento da comissão do hospital.

18h00 - A doação e o transplante na vida das pessoas. Discussão do impacto da doação, com depoimentos e troca de idéias com famílias doadoras e pacientes transplantados.

Após o encerramento das atividades será realizado uma confraternização com coffe-break.

Confira abaixo as fotos dos dois dias do evento, a iluminação especial instalada no hospital assim como da participação da equipe do hospital no Fórum da Central Estadual de Transplantes realizado na cidade de Curitiba durante o mesmo período.

{gallery}imagens/eventos/2015/doarorgaos/fotos{/gallery}

Doe órgãos.

Essas pessoas foram transplantadas e
receberam uma nova oportunidade.
Saiba mais.

NOSSO ENDEREÇO

Voluntários da Pátria 475, cj 905a

80020-926

Curitiba - Paraná

Brasil

NOSSO CONTATO

(41) 32232219

As informações contidas nesse website têm a intenção de auxiliar, ao invés de substituir,as consultas com um profissional de saúde.

Seja um Amigo ICF Pessoa Física

Seja um Amigo ICF Pessoa Jurídica

©2021 ICF - Instituto para Cuidado do Fígado. All Rights Reserved. Usando Joomla! - www.zevicente.com.br

Please publish modules in offcanvas position.